ID Jovem: Descubra Como Conhecer o Brasil Viajando Quantas Vezes Quiser Quase de Graça

Você não sabe, mas ao final deste artigo você vai se espantar; porque as pessoas ainda não sabem disso!

Já imaginou se você pudesse viajar por todo o Brasil quantas vezes quisesse sem pagar por passagens de ônibus? Por incrível que pareça, isso é 100% possível.

De acordo com a Lei nº 12.852/2013 do Estatuto da Juventude, os jovens brasileiros poderão viajar grátis pelo Brasil quantas vezes quiser.

O benefício será disponibilizado através de um cadastro no aplicativo ID Jovem, mas existem algumas regras que você precisa saber antes de começar a usar.

Se você ainda tá duvidando disso? Então se liga só, o que você vai descobrir se continuar lendo esse artigo:

Esse tipo de coisa a Rede Globo não mostra né? Por isso eu recomendo que você compartilhe isso com geral agora mesmo e vamos começar a viajar de graça, porque com essa crise, é só assim mesmo.

Veja este outro artigo sobre Como Trabalhar Viajando Pelo Mundo.

O que é o ID Jovem

A Identidade Jovem, ou simplesmente ID Jovem, é o documento que possibilita acesso à benefícios como:

  • meia entrada em eventos artísticos
  • meia entrada em eventos culturais
  • meia entrada em eventos esportivos
  • passagens gratuitas em transportes interestaduais
  • ou com desconto, conforme disposto no Decreto 8.537/2015
  • inscrição gratuita no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM)

O programa é uma iniciativa da Caixa Econômica Federal em parceria com o Governo do Brasil, e o cadastramento é online através do site oficial.

Agora que você viu que isso não é nenhuma brincadeira, é hora de conhecer quais são os requisitos básicos para usar o ID Jovem.

Conheça os requisitos essenciais

A primeira coisa que você precisa saber antes de se cadastrar no ID Jovem é: o beneficiário deve ter entre 15 e 29 anos.

Mas a parte boa é que não precisa ser estudante para participar do programa.

Também é obrigatório que você esteja inscrito no Cadastro Único do Governo Federal (PIS/NIS) e com cadastro atualizado pelo menos nos últimos 24 meses.

A sua renda salarial familiar não pode ultrapassar dois salários mínimos, ou você não poderá usar os benefícios do ID Jovem.

Se você se enquadra nessas normais, já deve estar louco para saber como funcionam os benefícios, então continue lendo e confira.

Tudo sobre os benefícios da Identidade Jovem

Usando a ID Jovem você estará assegurado do pagamento de meia entrada (50% do valor cobrado no ingresso ao público em geral) em eventos artístico, culturais e esportivos.

No transporte, são reservadas duas vagas gratuitas (por viagem) em cada veículo: ônibus, trem e embarcação.

Depois de esgotadas as vagas gratuitas, são reservadas mais duas vagas com desconto de 50% do valor das passagens.

Resumindo, cada veículo é obrigado a reservar duas vagas grátis para usuários do ID Jovem, mas caso essas vagas já tenham sido preenchidas pelos mesmos, a companhia deverá disponibilizar mais duas pela metade do preço.

É importante ressaltar que os benefícios não se aplicam para viagens municipais.

O transporte tem que ser interestadual, ou seja, entre estados diferentes, o que na minha opinião é melhor ainda.

A reserva de assentos para os jovens é válido até 3 horas antes da partida do transporte.

Quer saber como organizar as suas próprias viagens e ainda viajar por todo o Brasil fazendo isso? Então clique aqui para ler o artigo completo que vai te ensinar a viver de viagens.

Regras importantes que você deve saber

O jovem deverá comparecer ao terminal de embarque até 30 minutos antes da hora marcada para o início da viagem e apresentar o bilhete e a Identidade Jovem acompanhada de documento de identificação com foto.

O bilhete de viagem do jovem são intransferíveis, e o beneficiário não pode fazer reserva em mais de um horário para o mesmo dia e mesmo destino de viagem.

Você está se perguntando: “​Posso comprar passagem interestadual pela internet?

As empresas não são obrigadas a conceder o benefício na compra de passagens pela internet.

Mas são obrigadas a conceder às compras feitas no guichê, observando os critérios previstos.

O que fazer se o benefício do transporte for recusado

Caso o benefício seja negado pela prestadora de serviços, o jovem poderá solicitar justificativa formal da recusa por escrito – em que deverá constar a data, a hora, o local e o motivo da recusa.​

Irregularidades no serviço de transporte terrestre podem ser comunicadas à Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, no telefone 166 ou no e-mail ouvidoria@antt.gov.br.

Recapitulando para facilitar a sua vida

O ID Jovem foi criado para ajudar jovens de classe baixa à acessarem eventos culturais, artísticos e turísticos que antes não era possível.

O programa foi criado pela Caixa Econômica Federal e como requisito é necessário que o jovem tenha o nº do NIS/PIS e entre 15 e 29 anos.

Não é possível adquirir passagens pela internet e tampouco transferir para terceiros.

Antes de fechar essa página, me ajude a continuar produzindo mais conteúdos que te ajudam a viajar mais sem precisar colocar a mão no bolso.

Como? Deixando seu comentário abaixo e compartilhando com seus amigos, assim vocês podem marcar uma trip e todos curtirem sem gastar nada.