Dicas de Viagem

Couchsurfing Brasil: Verdades Que Você Precisa Saber Antes de Usar Para Evitar Aborrecimentos

Maicon Santtos
Escrito por Maicon Santtos em 6 de junho de 2018
Couchsurfing Brasil: Verdades Que Você Precisa Saber Antes de Usar Para Evitar Aborrecimentos
BAIXE O MATERIAL GRATUITO

Agente de Viagens: Quanto ganha? Como começar?

Couchsurfing Brasil, o que é? Hospedagem gratuita é real? Como funciona?

Porque alguém receberia um estranho em sua casa sem cobrar?

Talvez essas sejam suas principais perguntas sobre o Couchsurfing.

Por isso eu decidi escrever esse artigo completo a respeito da rede social mais queridinha dos nômades e mochileiros.

Aqui você vai descobrir tudo o que precisa saber sobre o Couchsurfing Brasil.

O conteúdo está em estruturado em 5 partes, para facilitar ainda mais a sua leitura.

Veja só o que você vai aprender quando terminar de ler esse texto:

Agora que você já sabe o que vem pela frente, livre-se das distrações, leia esse texto até o fim e descubra as verdades que nunca te contaram sobre o Couchsurfing Brasil.

Era uma vez…

O primeiro site Couchsurfing foi criado em 1999, mas só em 2004 surgiu a empresa sem fins lucrativos Couchsurfing International, Inc.

A empresa foi fundada por:

  • Casey Fenton
  • Daniel Hoffer
  • Sebastian Le Tuan
  • e Leonardo Bassani da Silveira

Só não me pergunte como essa ideia genial surgiu, porque eu não sei.

Segundo o Wikipédia, em junho de 2006 o projeto enfrentou muitos problemas relacionados à proteção de dados, que resultou na perda do seu banco de arquivos.

A princípio como o projeto era sem fins lucrativos, os criadores até pensaram em encerrar as atividades, mas felizmente o projeto voltou ao ar na sua versão 2.0.

Durante a falha temporária, o Couchsurfing foi muito criticado pelo seu descuido com a segurança dos dados.

Mas já que a ferramenta voltou a funcionar, vamos deixar essa história triste de lado.

O que é o Couchsurfing Brasil

O projeto diz ser uma comunidade global de 14 milhões de pessoas em mais de 200.000 cidades que compartilham suas vidas, seus mundos e suas jornadas.

A plataforma online conecta os viajantes com uma rede global de pessoas dispostas ajudar e compartilhar experiência.

A tradução literal de Couchsurfing seria “surf de sofá”, se hospedar de sofá em sofá, mas o serviço é mais do que disponibilizar um lugar para dormir.

Para tornar o seu dia um pouco mais divertido, assistir alguns minutos do video abaixo:

Todos os anos, mais de 400 mil anfitriões, 4 milhões de viajantes e 100 mil eventos são apoiados pelo Couchsurfing.

Filosofia Couchsurfing Brasil

O papel do Couchsurfing é ligar pessoas e lugares pelo mundo.

Assim criando trocas educacionais, fomentando a consciência coletiva, espalhando a tolerância e o entendimento cultural.

É uma rede social que deseja criar um mundo melhor, e acredita que o “surf de sofá” é um meio para atingir esse objetivo.

O slogan do Couchsurfing é “Participando da criação de um mundo melhor, um sofá de cada vez”, o que atesta a filosofia da comunidade.

O projeto não é uma imobiliária, não é encontrar alojamento gratuito; é estabelecer ligações por todo o mundo.

Eles fazem do mundo um lugar melhor, abrindo a mente e possibilitando a troca cultural.

O Couchsurfing quer mudar não só a maneira como viajamos, mas também a maneira como nos relacionamos com o mundo.

Criando ligações profundas e significativas que cruzam oceanos, continentes e culturas.

Agora que você já conhece a sua filosofia e a forma como atuam, continue lendo e veja alguns depoimentos de quem já usou.

Teste do Sofá: Dicas e Opiniões

Quando conheci o Couchsurfing, achei bem louco e perigoso, mas depois que usei pela primeira vez, me apaixonei.

E para provar que isso realmente funciona, separei alguns depoimentos publicados pela revista Mundo Estranho, confira:

Gente que gosta de gente

A Jacqueline Oshima tem 22 anos, já usou o Couchsurfing em Dublin, Berlim e Marrakec, e acredita que a experiência resgata a solidariedade das pessoas.

Vivemos numa sociedade cheia de medo e preconceito, sendo que, na verdade, o ser humano é generoso por natureza, diz Jacqueline.

Dica da Jacque:

Veja se suas expectativas batem com a do seu parceiro de aventura.

Porque ela disse que já surfou indo para um congresso profissional, então não adiantava pedir abrigo para uma pessoa que queria ir para a balada.

Nem tudo é maravilha

A Ana Freitas de 23 anos, já surfou em Londres e Bruxelas, e alerta que também há problemas.

Conhecer a pessoa e aceitar as regras de hospedagem dela exigem muita energia. Isso sem falar na eventual falta de privacidade, diz Ana.

Dica da Ana:

Cidades grandes, como São Paulo, tem encontros semanais, que são uma boa maneira de iniciar na rede, já que conhecendo gente você pode pedir referências positivas.

Interesses em comum

A Shannon Garland tem 29 anos e surfando em São Paulo, conheceu uma mulher que assim como ela também gostava de fazer trilhas.

Esse tipo de atividade pode ser muito bom pra quem é novo em uma cidade, explica a norte-americana Shannon.

Dica da Shannon:

Para conseguir mais detalhes sobre alguém, mande uma mensagem direta no site. Também é uma boa escrever para outros que se hospedaram no local a que você quer ir, confirmando as referências do perfil.

Você gostou dos depoimentos?

Então continue lendo para descobrir os prós e contras de usar o Couchsurfing.

Os prós e contras de usar o Couchsurfing Brasil

Como tudo na vida tem seus benefícios e malefícios, com o Couchsurfing também não é diferente.

Por isso agora vou te apresentar as partes boas e as ruins de usar essa rede social.

Começando pelos benefícios, a melhor parte:

  • Hospedagem grátis
  • Guia turístico nativo
  • Intercâmbio de cultural

Já os pontos negativos são:

  • Não tem privacidade
  • Depender da presença do anfitrião
  • Se meter em uma furada com uma pessoa chata

Esteja ciente  que a sua privacidade será zero, e além de depender do dono da casa para fazer as coisas, você também poderá estar entrando em uma fria.

Portanto, fique muito atento na hora de selecionar o seu anfitrião para aproveitar ao máximo com uma pessoa que conecte com você.

Continue lendo para saber como usar a plataforma da melhor forma possível.

Como usar o Couchsurfing Brasil

o que é couchsurfing

✅ Me adicione no Couchsurfing, assim podemos ficar conectados e ver os roteiros de viagens um do outro.

✅ Entre no grupo da Vivendo de Viagens para interagir com mais viajantes.

A primeira coisa que você precisa saber sobre como usar o Couchsurfing é: criar um perfil atraente para impactar os anfitriões.

Depois de criar um perfil atraente, cotando a sua história e porque está viajando, é hora de buscar sua primeira hospedagem gratuita.

Confira algumas dicas para levar em consideração durante a sua viagem:

Antes de seguir viagem rumo ao endereço do anfitrião, lembre-se de solicitar seu WhatsApp para que vocês possam manter contato.

Isso é importante porque se você se perder no caminho, pode entrar em contato para pedir ajuda.

Quando você chegar na casa do seu anfitrião, atente-se de observar como é o modo de organização dele para que você possa manter a ordem.

Além disso, tome muita precaução com seus pertences, nunca se sabe qual é a índole das pessoas que nos recebem.

Da mesma forma que o hóspede pode passar a perna no anfitrião, isso também pode acontecer com você como hóspede.

A experiência não é um simples modo de não pagar acomodação.

O seu anfitrião espera ter uma troca cultural com você.

Tenha sempre um plano B!

Veja opções de hostel na cidade.

Caso algo dê errado, você não vai ser pego de surpresa.

O que o Couchsurfing oferece além de hospedagem?

O Couchsurfing é uma ferramenta muito eficiente para quem viaja muito e gosta de conhecer novas pessoas.

Por isso, um dos recursos mais interessantes da ferramenta são as promoções de eventos internacionais entre os membros.

Além disso você também pode usar o site como uma rede social para socializar com viajantes do mundo todo.

Se você tiver qualquer dúvida relacionada à viagem, o fórum do Couchsurfing pode te ajudar com respostas comunitárias dos viajantes.

Outro detalhe que eu também costumo usar bastante é a publicação de viagens públicas.

Assim você pode receber convites de anfitriões para você ficar em sua casa.

O Couchsurfing é uma ferramenta completa para quem gosta de conhecer viajantes e colaborar com aqueles necessitados.

Caso você queira ter um perfil ainda mais top, assine o plano premium para obter um perfil verificado.

Continue lendo para saber mais sobre a segurança de usar o Couchsufing.

É seguro usar o Couchsurfing?

o que é couchsurfing

A segurança de usar o Couchsurfing está toda em suas mãos.

Apesar do site solicitar documentos para verificação do perfil, isso não garante que ele assuma os riscos do que pode ocorrer durante a viagem.

Por isso existem alguns perfis verificados, para que os membros se sintam mais confortáveis.

As referências de cada membro também podem ajudar muito na sua análise na hora de buscar um anfitrião.

Contudo, a segurança do Couchsurfing não é garantida, mas se você souber analisar, não terá nenhum problema.

? Descubra como fazer trabalhos voluntários em troca de hospedagem em mais de 100 países.

Vale a pena usar o Couchsurfing?

A minha opinião sobre o Couchsurfing é muito clara: com certeza vale.

Apesar de alguns contras, se você souber filtrar os anfitriões e analisar bem a onde vai, você não vai se arrepender.

Em março de 2017, conheci a Kelen pelo Couchsurfing e solicitei hospedagem por 30 dias.

Por incrível que pareça ela aceitou, contudo o normal de aceitação entre os anfitriões é de 1 à 3 dias, mais que isso é um pouco difícil.

o que é couchsurfing 4
Kelen e Eu, na Cascata do Caracol em Canela no Rio Grande do Sul.

Caso você queira ficar mais, a melhor coisa a fazer é solicitar 2 dias e de acordo com a convivência você pode solicitar mais, pessoalmente.

Como o Couchsurfing é um site baseado em economia colaborativa, todos os membros estão dispostos a ajudar os viajantes.

Isso não descarta os riscos e perigos, mas a chance de você se dar bem é muito maior do que se dar mal.

Então não perca tempo, arrume as suas malas e solicite a sua hospedagem agora.

Dicas de Segurança

Essas dicas são válidas tanto para quem viaja sozinha, quanto acompanhado.

Veja como evitar perrengues.

  • Leia o perfil, veja as fotos e procure coisas estranhas;
  • Leia atentamente cada review para ver se não é superficial;
  • Peça o endereço antecipadamente e jogue no Google Maps para observar a distância do ponto de ônibus e lojas;
  • Siga seus instintos! Se falarem algo que você não gostou, não foi com a cara da pessoa, vá embora;
  • Se a pessoa fizer piadas de mau gosto, já pule fora.

Minha melhor experiência usando o Couchsurfing

o que é couchsurfing

Como já citei acima, eu consegui ficar 30 dias hospedado sem pagar nada usando o Couchsurfing.

Sem dúvidas essa foi a minha melhor experiência, não só pelo tempo mas por tudo que aconteceu.

A Kelen foi muita prestativa comigo desde o início e foi até me buscar na rodoviária de Caxias do Sul – RS.

Ela vivia sozinha com seu filho de 17 anos, e confiou em me deixar sozinho em sua casa enquanto ia trabalhar.

Além disso também me levou para conhecer lugares incríveis da Serra Gaúcha, desde as cachoeiras mais exóticas, até os maiores canyons do Brasil.

o que é couchsurfing
Canyon do Itaimbezinho em Praia Grande no Rio Grande do Sul

Olha a referência que ela escreveu sobre mim no Couchsurfing:

Alternativas além do Couchsurfing

o que é Couchsurfing

Talvez você esteja se perguntando, “Mas o Couchsurfing é o único site que oferece esse serviço?”.

Na realidade não, mas é o maior, mais conhecido e mais eficiente para encontrar alguém disposto a oferecer hospedagem.

Mas caso você queira conhecer outras alternativas, segue abaixo a lista de todos os sites que eu conheço:

Agora que você já sabe quais são os sites parecidos com o Couchsurfing, eu quero te apresentar uma opção diferente que pode te gerar grana extra.

Essa opção é o meu CURSO FÓRMULA DE VIAJANTE, um treinamento 100% online e prático que ensina qualquer pessoa comum a viver de viagens.

“Viver de viagens, como?”

Vamos lá…

Durante 5 anos da minha vida e trabalhei organizando viagens comerciais.

Esse tipo de trabalho me permitiu ter as liberdades mais desejados nos dias de hoje:

  • Liberdade de tempo
  • Liberdade geográfica
  • Liberdade financeira

Além de tudo, eu viajava todo final de semana sem gastar e ainda ganhava um bom salário fazendo isso.

Então se você deseja saber como eu consegui começar a viver de viagens com apenas 20 anos de idade, CLIQUE AQUI e saiba mais.

Ahhh, o melhor de tudo é que você tem 30 dias para estudar o curso, e se depois disso você não gostar, eu te devolvo cada centavo do seu dinheiro.

Recapitulando tudo que você viu até aqui

Primeiro você conheceu um pouco mais sobre a história do Couchsurfing e sua filosofia.

Depois eu te apresentei alguns relatos de pessoas que já usaram a ferramenta, e os prós e contras.

Na sequência você descobriu como usar a ferramenta, seguida de algumas dicas de segurança.

Eu também te mostrei alguns sites alternativos que oferecem serviços parecidos e, depois te apresentei uma forma de viver de viagens.

Espero que você tenha gostado do conteúdo, e antes que você feche essa página, quero te pedir duas coisas.:

  1.  ✅ Escreva um comentário logo aqui abaixo, dizendo o que você achou desse artigo ou sugerindo novos conteúdos.
  2. CLIQUE AQUI para se tornar um Assinante VIP e receber em novos conteúdos grátis! [modoturbo id=1]

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.