Ganhar Dinheiro

Como Ser Um Nômade Digital: Tudo Que Você Precisa Saber Para Poder Trabalhar Enquanto Viaja e Conseguir Ganhar Muito Dinheiro

Maicon Santtos
Escrito por Maicon Santtos em 10 de outubro de 2019
Como Ser Um Nômade Digital: Tudo Que Você Precisa Saber Para Poder Trabalhar Enquanto Viaja e Conseguir Ganhar Muito Dinheiro
BAIXE NOSSO EBOOK GRATUITO

Guia Para Trabalhar Vendendo Passagens Aéreas na Internet: 9 Coisas Que Você Precisa Saber

“Como ser um Nômade Digital e viver viajando?”, essa é uma pergunta que me fazem quase que diariamente.

O que impede você de ser um Nômade Digital? como ser um nômade digital

Conhecimento para iniciar? Tempo para executar? Força de vontade?!

Independente do que seja, o importante é que você está aqui agora, então isso significa que está disposto a agir.

Estou certo??? Então vamos lá. como ser um nômade digital

Você sabe exatamente o que é ser um Nômade Digital? como ser um nômade digital

Talvez você pensa que sabe, mas na verdade só tem ideia. como ser um nômade digital

Por isso escrevi esse artigo completo, para desvendar os mitos que vem sendo contados sobre como ser um Nômade Digital.

Se você ficar aqui comigo, até o final, vai descobrir: como ser um nômade digital

Vejo muita gente encantada com esse estilo de vida, mas poucos sabem da verdade sobre como ser um Nômade Digital e se é realmente vantajoso viver assim.

Antes veja esse vídeo:

Depois que você terminar a leitura desse conteúdo, vai descobrir se a vida Nômade Digital é realmente para você.

Tá preparado? Então continue lendo e aperte os cintos, porque essa viagem será um pouco turbulenta.

O que é Nomadismo Digital: A história que nunca te contaram sobre como ser um Nômade Digital

como ser um nomade digital

Segundo a enciclopédia livre Wikipédia, o Nômade Digital é um indivíduo que aproveita a tecnologia para realizar as tarefas de sua profissão de maneira remota.

Além de não depender de uma base fixa para trabalhar, assim conduzindo sua vida profissional de uma maneira nômade.

Esse estilo de vida é denominado de Nomadismo Digital. como ser um nômade digital

Veja neste outro artigo: Como Trabalhar Viajando Pelo Mundo e as 11 Melhores Profissões

Mas como sabemos que as informações da Wikipédia são genéricas e superficiais, eu também vou contar com ajuda da Draft para mergulhar mais fundo nesse assunto.

🔔 Vale a Pena Investir numa Franquia de AGÊNCIA DE VIAGENS?
🔔
7 Erros Bobos que Você deve Evitar se Quiser Lucrar com Viagens

Continue lendo e descubra a verdadeira história sobre os Nômades Digitais.

O que realmente é Nomadismo Digital

Esse é um estilo de vida em que pessoas viajam pelo mundo sem abdicar da carreira, já que seus trabalhos podem ser feitos de forma remota, com ajuda da tecnologia.

Segundo Naiara Oss Emer, que analisou o desenvolvimento do movimento na era da Web 2.0, o Nomadismo Digital é uma forma alternativa de relacionamento com o trabalho e com o mundo.

Mas também é importante destacar que a nomenclatura ‘Nômade Digital’ não se refere a ‘mochileiros’ ou pessoas que vivem de empregos tradicionais no exterior.

Mas sim, àqueles que utilizam a internet como plataforma fundamental de suas atividades de trabalho e base de gerenciamento de seus negócios.

Resumindo, Nomadismo Digital é a união entre trabalho e estilo de vida, conectados ao mundo online.

Já para a blogueira do Pequenos Monstros e Nômade Digital, Debbie Corrano, o Nomadismo Digital demanda planejamento e seriedade.

Como trabalhos, entregas, reuniões, tudo isso acontece na vida do Nômade Digital, só que à distância.

Debbie e seu namorado, o publicitário Felipe Pacheco, tornaram-se Nômades Digitais em 2012 e, antes trabalhavam com planejamento digital para agências.

Quem inventou o Nomadismo Digital

Na verdade não existe um registro oficial, o termo se popularizou depois da publicação do livro Digital Nomad, de Tsugio Makimoto e David Manners.

Um conceito chamado “teletrabalho” pode ser considerado a origem do Nomadismo Digital, já que foi um dos primeiros a surgir para referenciar o trabalho fora do âmbito formal.

Esse movimento começou a tomar forma a partir da evolução dos dispositivos móveis e do acesso às conexões wireless.

Quando surgiu o Nomadismo Digital

O livro Digital Nomad foi publicado em 1997. O conceito de “teletrabalho” é de 1999, que surgiu para definir o trabalho feito em casa, como home office.

Mas sinceramente? Na minha opinião, esse movimento já existe há um bom tempo.

Mas como sua manifestação só veio à tona depois da publicação do livro, esse é o único registro disponível que temos.

E ae, será que você já sabe tudo sobre Nomadismo Digital? Eu acho que não! como ser um nômade digital

Continue lendo e descubra quais habilidades você precisa dominar para se tornar um Nômade Digital.

Confira as 7 habilidades essenciais que você precisa para ser um Nômade Digital

como ser um nomade digital

Existe um mito de que qualquer pessoa pode se tornar um Nômade Digital, isso é mentira.

Porque se fosse para qualquer um, existiria muito mais Nômades Digitais do que tem hoje.

E para desvendar esse mito, vou apresentar as 7 habilidades essenciais que você precisa desenvolver para se tornar um Nômade Digital.

1. Habilidade de assumir riscos

Talvez você esteja pensando que assumir riscos não é uma habilidade.

Mas na minha opinião, não é só uma habilidade, também é uma alavanca de crescimento.

Você lembra desse famoso ditado:

É melhor um pássaro não mão do que dois voando.

Uma pessoa que não  assume riscos, tem uma vida medíocre e previsível.

Quando eu falo de assumir riscos, não estou dizendo para você se jogar na frente de um carro ou algo tipo, não seja tonto.

Quando você aprende a assumir os riscos e aceitar as possibilidades de derrota, você se torna mais forte e eleva as suas chances de obter melhores resultados.

Por exemplo, eu trabalhei durante 5 anos organizando excursões e ganhava muito bem fazendo isso.

Mas eu não estava mais satisfeito, então resolvi mudar o foco dos meu negócios, correndo um grande risco de não ganhar o que eu ganhava antes.

Se você tem medo de correr riscos, destrua-o o quanto antes, ou você nunca conseguirá ser um Nômade Digital.

2. Habilidade de enfrentar dificuldades

Você pode até dizer que não tem medo de riscos, mas quando der de cara com a primeira dificuldade, vai desistir.

A habilidade de enfrentar, com garra, todas as dificuldades da vida, vai torná-lo uma pessoa mais forte.

Além de desenvolver a criatividade para resolver os problemas que surgirem.

Não fuja do que é difícil, fuja do que é fácil. Enquanto o difícil te engrandece, o fácil desmerece.

3. Habilidade de equilíbrio financeiro

Talvez essa habilidade seja a minha maior fraqueza, mas eu a desenvolvi muito porque gosto de assumir riscos e enfrentar dificuldades.

Você consegue notar, uma habilidade complementa a outra?!

Geralmente, um Nômade Digital não tem salário fixo ou garantia de renda.

Hipoteticamente falando, significa que em um mês ele pode fatura R$ 5.000.00 e no outro absolutamente nada.

Por isso é muito importante que você saiba administrar as suas finanças e não deixe a emoção conduzir as suas decisões.

Independente de quanto você ganhar por mês, nunca gaste tudo!

Defina o seu orçamento de vida e não se atreva a gastar mais do que precisa.

Esse é o ingrediente mágico de um Nômade Digital, saber ser um mão de vaca consciente.

4. Habilidade de planejamento

Planejar não é algo que você precisa aprender apenas para se tornar um Nômade Digital, mas também para a vida.

Para toda ação e decisão que tomamos, precisamos de planejamento.

Então se você já é bom em planejamentos, terá maior facilidades na hora de organizar os roteiros da sua vida.

Agora se você não tem o hábito de planejar, comece incorporando o hábito de pesquisa.

Você pode usar uma o MindMeister, ferramenta de mapeamento mental, para te ajudar a organizar as ideias e planejar sua vida.

Depois que você ficar bom em pesquisar, automaticamente vai começar a desenvolver sistemas de planejamento que antecedem ou precedem as pesquisas.

Falhe no seu planejamento e tudo estará perdido.

5. Habilidade de propensão às mudanças

Você é flexível às mudanças ou tem dificuldades de sair da zona de conforto?

Porque sendo um Nômade DIgital, a palavra zona de conforto vai deixar de existir no seu dicionário.

Isso porque, a vida de quem vive viajando é uma constante mudança.

  • Mudança de residência
  • Mudança de crenças
  • Mudança de personalidade

Você pode até achar que isso é ruim, mas com o decorrer do tempo perceberá que a propensão à mudança lhe trará inúmeros aprendizados.

Por exemplo, se você é uma pessoa tímida, a propensão à mudança o tornará mais desinibido.

Talvez você não queira ser desinibido, ou talvez você não aceita que queira.

Mas o que é melhor, tem vergonha de falar com as pessoas ou ter capacidade de entrar e sair em qualquer ambiente social?

Lembre-se que o ser humano está em contínuo processo de mudança, e você precisa estar preparado para isso.

6. Habilidade do desapego

Você sente que não consegue viver bem com a falta de algo ou de alguém?

Isso se chama apego. O apego não te permite caminhar na velocidade que você deseja.

Por exemplo, você tem um carro mas quer vendê-lo para viver viajando como um Nômade Digital.

Mas você gosta tanto desse carro, que o seu apego por ele resiste à sua decisão de venda.

Isso é o apego, aquele sentimento de posse que traz uma felicidade ilusória.

E isso não é válido somente para as coisas, mas também para as pessoas.

Talvez você ainda não tenha coragem de viver uma vida de Nômade Digital porque é muito apegado à sua família.

Veja bem, não é pra você se desfazer dos seus bens materiais, tampouco das pessoas que você ama.

Você precisa descartar o sentimento de posse das pessoas, é só isso.

Assim você poderá viver sua vida em qualquer lugar, sabendo que o fato de viver longe da sua família, não significa que você não as ama.

Significa que você as ama, mas antes de qualquer coisa precisa tomar decisões coerentes para que você seja feliz na vida!

O desapego é uma luta diária. Mas você não deve desistir.

7. Habilidade de gostar de aprender

Talvez essa seja uma das habilidades mais difícil de desenvolver, você sabe porque? Vou explicar.

Vivemos em uma sociedade de imposições. Isso significa que moralmente você é obrigado a estudar conhecimentos padrões que enriquecem um sistema.

Por isso muitos jovens e até adultos acreditam que estudar é algo tão chato, porque somos forçados a escolher matérias cada vez menos artísticas e mais sistêmicas.

Sabendo disso, você deve entender que aprender está nos detalhes mais pequenos da vida.

  • Aprender é conhecer pessoas completamente diferentes de você.
  • Aprender é estar imerso em culturas controvérsias às suas.
  • Aprender é identificar os conhecimentos que você precisa adquirir para tornar a sua vida mais feliz.

Estudamos em uma faculdade para crescer o sistema econômico da nossa nação.

Mas não estudamos em lugar nenhum para realmente descobrir quem somos, ou qual o nosso papel nesse mundo.

Seja faminto por aprender. Mas não aprenda aquilo que dizem que você deve aprender.

Aprenda aquilo que o seu coração diz que você necessita, sem julgamentos. Somente o seu coração sabe o que você quer.

Seus pais e toda a sociedade não sabem o que é melhor pra você!

Todas as 7 habilidade que apresentei aqui são benéficas para qualquer área da vida, mesmo que você nem queira ser um Nômade Digital.

E agora que você já conferiu as habilidades essenciais que precisa ter, conheça os 5 Nômade Digitais viajantes que podem te inspirar a começar.

Conheça os 5 Nômades Digitais viajantes de maior sucesso no Brasil

como ser um nomade digital

Existem muitas pessoas que dizem ser Nômades Digitais, mas a maioria são apenas pessoas normais que viajam a lazer.

E por isso agora eu vou apresentar, na minha opinião, os 5 Nômade Digitais que eu conheço, de maior sucesso no Brasil.

Jair Rebello e Nayara Rebello, do Casal Nômade

como ser um nomade digital

O Casal Nômade composto por Jair Rabello (formado em Análise de Sistemas) Nayara Rabello (formada em Nutrição).

O Jair começou no Marketing Digital, desenvolvendo ferramentas para ajudar os empreendedores brasileiros.

Eu mesmo já usei duas vezes os seus serviços. como ser um nômade digital

A primeira vez foi o SqueezeWP, um plugin que me ajuda a criar páginas de leadingpages.

como ser um nomade digital

Se você quiser saber mais sobre a ferramenta, basta Clicar Aqui para aproveitar enquanto a versão grátis está disponível.

como ser um nomade digital

Já a segunda vez foi usando o template para blog ConversionWP, que tem um designer incrível focado em conversão.

Clique Aqui para baixar a versão gratuita. como ser um nômade digital

Voltando a falar sobre o Casal Nômade, depois de um tempo atuando no Marketing Digital, eles resolveram criar um blog de viagem para compartilhar suas experiências.

como ser um nomade digital

O mais legal é que eles viajam com seu filho Matheus e ajudam aquelas pessoas que acreditam que uma criança pode atrapalhar a vida de um Nômade Digital.

Rafael Incao, do Viajante Aprendizes

como ser um nomade digitalcomo ser um nômade digital

Rafael é um matemático por formação e ex professor de cursinhos e faculdades, hoje ele se dedica a viajar o mundo e compartilhar experiências.

O que mais me chama atenção no seu trabalho é, tudo que ale aprende usando seus conhecimentos avançados com os números, ele ensina para seu público.

como ser um nomade digital

Além do projeto Viajante Aprendizes (mantido em parceria com o Jair do Casal Nômade), o Rafael também ministra cursos, palestras e eventos sobre como viver viajando.

O Viajar Para Sempre é um evento do Rafael que já está ganhando reconhecimento entre os Nômades Digitais brasileiros.

como ser um nomade digitalcomo ser um nômade digital

Eu gosto muito do seu trabalho e por isso, na minha opinião, ele é um dos 5 de maior sucesso.

como ser um nomade digital

Patricia Figueira e Vinícius Teles, do Casal Partiu

como ser um nomade digitalcomo ser um nômade digital

O Casal Partiu é um projeto que surgiu de forma inusitada, já que Patricia e Vinicius deixaram o Brasil apenas para um viagem de férias à Argentina.

Depois de se entregarem às emoções de uma viagem internacional, resolveram repensar a vida que viviam, assim dando vida ao projeto que já é autor de livro.

como ser um nomade digital

Hoje eles vivem viajando o mundo e ensinam pessoas a saírem da sua zona de conforto viajando de forma econômica.

Eme Viegas e Jaque Barbosa, do Nômades Digitais e Hypeness

como ser um nomade digital como ser um nomade digitalcomo ser um nômade digital

Eme e Jaque são os aclamados nomes por trás dos maiores blogs do Brasil, o Nômades Digitais que fala sobre a vida nômade e Hypeness o blog de criatividade e inovação mais acessado do Brasil.

Esse sem dúvida é o casal de maior sucesso, já que foram os primeiros a iniciarem o Nomadismo Digital no Brasil.

como ser um nomade digital

Cadu Cassau, do Se Joga Cara!

como ser um nomade digitalcomo ser um nômade digital

O Cadu começou como um mochilão de 7 meses pela Europa, onde questionou a vida que levava e como realmente queria viver.

Hoje o Cadu tem um canal muito engajado no YouTube e trabalha em parceria com o Worldpackers.

Se você ainda não sabe o que é Worldpackers, aqui neste artigo você pode ler o meu relato completo usando essa ferramenta.

O mais legal do trabalho do Cadu é que ele tem uma linguagem jovem e descontraída, que conecta perfeitamente com o público que ele deseja atingir.

Não sei se você notou, mas todos esses casos são de pessoas normais como você.

Então se você realmente quer aprender a como ser um Nômade Digital, leia esse artigo até o final.

Confira as 7 vantagens de ser um Nômade Digital

como ser um nomade digital

Se você está lendo esse artigo significa que deseja aprender a como ser um Nômade Digital, mas talvez ainda não conheça seus reais benefícios.

Eu preparei uma lista com as 7 vantagens mais importantes que você precisa saber antes de se tornar um Nômade Digital, confira.

1. Economia colaborativa

Muita gente acha que para viver viajando como Nômade Digital é precisa ganhar muito bem, mas isso é um mito.

O mundo do Nomadismo Digital faz parte do avanço tecnológico e das soluções colaborativas.

Quando você se tornar um Nômade Digital, vai acessar serviços e conhecimentos que as pessoas normais desconhecem.

Por exemplo, atualmente eu gasto muito menos viajando do que quando vivia em São Paulo.

Eu sei que parece difícil de acreditar, mas se não fosse verdade não existiria tantas pessoas interessadas em ser Nômade Digital.

O mundo colaborativo do Nomadismo Digital é como as profundezas da deep web.

Depois que você o descobre, nunca mais quer navegar na superfície. como ser um nômade digital

2. Liberdade geográfica

A liberdade geográfica é o recurso mais importante para quem quer aprender como ser um Nômade Digital.

Essa é a base do nomadismo. Sem liberdade de espaço, não é possível ser um Nômade Digital.

Imagine se você pudesse trabalhar usando o seu computador de qualquer lugar do mundo.

A vida do Nômade Digital é assim, cômoda e 100% remota.

Esse foi o benefício que mais chamou a minha atenção quando eu comecei em 2013.

Como seria a sua vida se você tivesse liberdade de viajar frequentemente sem prejudicar o seu trabalho?

3. Liberdade de tempo

Você está cansado de brigar com o despertador todas a manhãs antes de ir trabalhar?

Sendo um Nômade Digital isso não vai acontecer, porque você pode começar a trabalhar na hora que os seus olhos abrirem.

Se preferir pode até trabalhar de pijama, sem sair da casa.

É só ligar o seu notebook e pegar uma xícara de café.

Se alguém te convidar para almoçar no meio da tarde, você pode ir tranquilamente. Sabe porque?

Porque você é um Nômade Digital, que vive o ápice da sua liberdade.

Eu posso garantir que essa sensação é melhor que ganhar milhões de dólares.

Estar livre do sistema que nos condiciona é como voar nas partes mais altas do céu.

4. Aprendizado contínuo

O que significa aprender para você?

Ler livros? Frequentar salas de aula? Feiras? Palestras?

Isso também é estudar, mas são estudos teóricos com pouca eficácia.

Veja bem, eu não sou contra esses modelos de estudo!

Eu já estudei muito através desses métodos e ainda venho estudando.

Mas o problema é que muitos desses modelos são condicionados pela indústria.

Muito do que eu aprendi foi através de vivências e experiências, não de teorias.

Teorias funcionam como bases para consolidar projetos, mas de nada vale se você não tem a experiência da vida real.

Eu nunca teria me tornado um Nômade Digital se tivesse buscado isso em uma sala de aula.

Porque o mundo de condicionamento que nós vivemos não permite que vivamos assim, com tanta liberdade.

Você não é educado para ser livre!

Ficou claro?

O papel da educação formal é torná-lo um escravo do consumo.

É isso que você quer ser? Uma pessoa que trabalha feito um louco para pagar contas?

Aprendizado contínuo é estar sempre observando a vida como um jogo de lições e questionamentos.

Questione tudo e todos. Você tem o direito de saber a verdade!

5. Desenvolvimento da criatividade

Na minha opinião, os Nômades Digitais são os serem mais criativos que existem.

O contato amplo com as diversidades do mundo nos torna pessoas cheia de repertórios.

O acúmulo de experiência nos torna capazes de observar os problemas do dia a dia e buscar construir soluções criativas.

Unindo criatividade, tecnologia e economia colaborativa, é possível construir um mundo mais justo e acessível para todos.

Economia colaborativa não é a mesma coisa que comunismo, não se engane.

Isso é um movimento de resolução de problemas, onde eu transformo a sua dificuldade em um produto sustentável e global.

Esse é o movimento que alimenta a essência humana de colaboracionismo.

Nós não nascemos para competir ou guerrilhar, somos uma família que deveria contribuir uns com os outros.

E o movimento do Nomadismo Digital está resgatando essa essência através das vivências multiculturais pelo mundo.

6. Desapegar para poupar energia

Talvez isso possa não ser um benefício para muitos, mas na verdade é um dos mais valiosos.

Porque enquanto você não desapegar das pessoas e das coisas, nunca será realmente livre.

Por exemplo, se você é muito apegado a sua família ou à sua coleção de sapatos, não será fácil viver de cidade em cidade.

Mas a pior parte do apego não é o emocional, mas sim a energia que é gasta com os pensamentos.

Se você é muito apegado emocionalmente à sua mãe, talvez tenha que ligar pra ela de 2 em 2 horas para verificar se está tudo bem.

Ou se você for almoçar e estacionar o seu carro em um lugar suspeito, durante todo o almoço você estará preocupado com ele.

Muitos acreditam que esses sentimentos de preocupação são necessários.

E eu te pergunto, necessário para que?

Pensa no mal que pode acontecer é uma ferramenta de auto defesa do nosso cérebro.

Mas quanto mais pensamos ou nos preocupamos em algo, mais energia estamos desperdiçando.

Quando gastamos energia com preocupações, nosso cérebro se sobrecarga e manifesta enfermidades

Segundo o blog Melhor com Saúde, a nossa mente é tão poderosa que permite influenciar o nosso estado físico.

Gaste a sua energia alimentando pensamos construtivos e positivos, e liberte-se do apego pelas coisas e pelas pessoas.

Assista ao vídeo abaixo, uma palestra de Luís Carabantes no TEDx (O vídeo é em espanhol e não tem legenda):

Tudo na vida é passageiro, e se você não aprender a desapegar, vai sofrer muito com tudo que a vida pode tirar de você.

O segredo é aproveitar o agora e não se preocupar com coisas que estão fora do seu controle.

Real é o que está acontecendo agora, o resto não existe.

Guarde em sua mente somente as boas recordações, saiba filtrar o seu registro de emoções se você quiser ser um Nômade Digital.

7. Se tornar uma pessoa melhor

O sétimo benefício é como um acúmulo dos outros seis.

Cada dia de experiência como Nômade Digital, você eleva 0,01% do seu progresso como ser humano.

E pra mim isso é o importante, evoluir como ser humano, não como profissional.

Porque nós somos seres humanos com comportamentos profissionais, e não profissionais com comportamentos humanos.

Entenda que a sua carreira, o que você faz para viver, deve ser uma parte integrada a você.

E quanto mais conectado você está à sua essência, mais fácil será trabalhar em algo que te faça sentir prazer.

O Nômade Digital não é uma pessoa perdida ou sem rumo, como muitos acreditam.

Viver como Nômade Digital é estar sempre buscando o inesperável e juntando forças para lidar com o esperado.

A verdadeira viagem de descobrimento não consiste em procurar novas paisagens, e sim em ter novos olhos.Marcel Proust

Confira as 3 desvantagens de ser um Nômade Digital

como ser um nomade digital

Como tudo na vida têm suas desvantagens, ser um Nômade Digital não poderia ser diferente.

Por isso eu separei as 3 desvantagens mais importantes que você precisa saber antes de se tornar um Nômade Digital, confira.

1. Encontrar conexão de internet

Um Nômade Digital sem internet é como jogar vídeo game sem controle, não funciona.

Hoje em dia não é tão difícil encontrar conexão de internet, mas a maioria são conexões fracas que caem e oscilam o tempo todo.

O que não é nada agradável para quem está trabalhando; carregando um vídeo no YouTube ou baixando algum programa pesado.

O recomendável é que você tenha um plano móvel que possa ser usado com chip de celular, através de um modem USB.

2. Ninguém entende o que você faz da vida

É muito importante que você tenha bem definido para si próprio que, o que você faz é um trabalho sério.

Muitas pessoas vão questionar o que você faz, como se não fosse algo digno ou que gere algum resultado.

Mas saiba que essa pessoa não entende o que você faz, e não tem problema se você não puder explicar.

O que não pode acontecer é você se abalar com as opiniões alheias.

Não deixe que as pessoas te desanimem por não fazerem parte do mesmo universo que você.

Quando isso acontecer, lembre-se que essas pessoas estão presas e condicionadas por um sistema injusto e falho.

Saiba o que está fazendo e nunca permita que as vozes externas interfiram na sua missão.

3. Encontrar um espaço para trabalhar

Você já sabe que o trabalho de um Nômade Digital é exercido em um computador.

Mas além disso, você também vai precisa de um espaço isolado e calmo para se concentrar.

É muito importante que você tenha um espaço apropriado para trabalhar.

Quando eu não encontro um espaço para instalar meu computador, costumo procurar um café ou bibliotecas públicas.

Esses são ambientes que estimulam a minha criatividade e concentrar mais a minha atenção.

Talvez você não tenha problema de ligar o seu notebook para trabalhar em qualquer lugar.

Mas quando falamos de produtividade e aproveitamento integral do tempo de trabalho, a melhor coisa é ter um lugar apropriado para trabalhar.

Agora que você já conheceu as vantagens e desvantagens, é hora de saber como ser um Nômade Digital.

Conheça 10 maneiras de ser um Nômade Digital para quem não sabe por onde começar

como ser um nomade digital

Depois de saber a parte histórica e introdutória do Nomadismo Digital, vamos entender um pouco sobre quais as maneiras de começar.

Talvez você pense que a melhor forma de ser um Nômade Digital é começando o seu próprio negócio.

É verdade, esse caminho proporciona muita liberdade mas é um pouco mais difícil para quem está começando.

A grande parte dos Nômade Digitais não começaram assim, muitos iniciam com trabalho remoto ou freelancer.

Existem muitas formas para se tornar um Nômade Digital, confira as 10 maneiras de começar sem possuir habilidades para trabalhar online, segundo o blog Nomades 011.

1. Encontre um emprego que lhe ensine as habilidades que você precisa

Se você não tem pressa de começar, a melhor forma é buscar um trabalho que lhe ensine as habilidades que precisa.

Por exemplo, se você conseguir um trabalho em uma agência de marketing digital, já terá a faca e o queijo na mão.

E para acelerar o seu aprendizado, avalie uma área que possa te ajudar na empresa e busque algum curso para aprender mais rápido.

2. Torne-se um freelancer nas horas vagas

Se você não tem dinheiro suficiente para iniciar e precisa da sua fonte de renda principal para pagar pagar as contas, então busque trabalhos extras.

Fazer freelancers pode funcionar bem para juntar o dinheiro que você precisa para começar.

Um site para te ajudar a encontrar esses trabalhos é o Workana, nele você pode trabalhar para pessoas de qualquer lugar do mundo.

Existem grandes Nômades Digital que têm muito sucesso como freelancer, quem sabe você pode ser um deles.

3. Estude online

Agora se você tem condição financeira e atualmente está estudando, recomendo que você migre para o ambiente online.

Hoje em dia existem diversas universidades e grandes profissionais que oferecem ótimos programas de ensino à distância.

Por exemplo, praticamente todas as minhas qualificações formais foram adquiridas online.

Tive a oportunidade de aprender coisas que nenhuma faculdade poderia me ensinar.

A parte boa de estudar assim, é que você pode viajar enquanto está em período de estudos.

Assim você pode ir desfrutando do estilo de vida Nômade Digital como um estudante.

E se você pudesse estudar algo que te ensina a viver viajando profissionalmente?

Se quiser saber mais recomendo que conheça o Curso Fórmula de Viajante.

4. Compre um negócio online existente

Uma opção rápida mas também arriscada é comprar um negócio que já existe e gera receita passiva.

Por exemplo, você pode comprar empresas em sites (online), na plataforma Flippa.

Nela você terá acesso a quanto dinheiro o site já gera e suas estratégias de monetização.

Comprar um projeto pronto pode ser a forma mais fácil de começar como um Nômade Digital, porém, talvez precise de um alto investimento financeiro.

Mas antes de comprar qualquer negócio na internet, busque conselhos de empresários experientes para evitar fracassar no futuro.

5. Guarde dinheiro para aprender em um ambiente de Nômades Digitais

O lugar onde você mora hoje não é favorável para juntar dinheiro para ser um Nômade Digital?

Então pense na possibilidade de morar em Chiang Mai, na Tailândia, onde o seu dinheiro vai durar muito mais.

Chiang Mai é a capital do Nomadismo Digital.

Lá será muito mais fácil de aprender todas as habilidades que você vai precisa para trabalhar online.

É uma maneira divertida de começar e pode ser muito inspirador estar ao redor de outros nômades digitais.

6. Comece trabalhando no exterior

Uma opção válida é encontrar um trabalho no exterior para se familiarizar com as diversidades.

Enquanto isso, no seu tempo livre você pode buscar os conhecimentos técnicos necessários sobre como ser um Nômade Digital.

Mesmo que você não tenha muitas experiências para trabalhar no exterior, é possível trabalhar como garçom, atendente de loja ou ajudante geral.

Caso você fale idiomas além do que é falado no país, será um ponto positivo pra você trabalhar em lugares melhores, como hotéis ou empresas de turismo.

Existem muitos países que gostam de contratar estrangeiros, por exemplo, o Chile é um país que abriga muitos trabalhadores brasileiros.

7. Mova o seu negócio para o universo online

Vamos supor que você seja dono de uma loja de calçados e artigos esportivos.

Provavelmente essa loja te impede de viajar o quanto gostaria, certo?

Mas saiba que existem maneiras mais econômicas e lucrativas de gerenciar esse tipo de negócio.

Por exemplo, ao invés de pagar aluguel de uma loja física e milhares de reais em funcionários, você pode ter uma loja online.

A loja online tem um custo muito menor, além de ser automatizada.

A melhor parte é que hoje em dia existem empresas que gerenciam logísticas e fornecendo até espaços para estoque.

Ou seja, agora você continua com sua loja, mas online e vendendo para o Brasil todo, sem que você esteja preso à um ambiente físico.

Por exemplo, a Netshoes começou com lojas físicas e hoje é um dos maiores e-commerces do Brasil.

8. Convença seu chefe a permitir que você trabalhe remotamente

Você gosta muito do que faz no trabalho, mas a sua presença no escritório é sempre na frente do seu notebook?

Se você for um bom funcionário, talvez seja possível convencer o seu chefe a permitir que você trabalhe remotamente.

Mas não diga que você vai fazer isso para trabalhar do exterior.

Primeiro prove que você é capaz de fazer muito bem o seu papel, trabalhando de casa.

Talvez você pense que isso não vai dar certo e que seu chefe nunca vai aceitar.

Pode ser que você tenha razão, mas você nunca vai saber se não perguntar. O não você já tem.

9. Encontre um trabalho remoto online

Já estamos cansados de saber que hoje em dia existem inúmeros postos de trabalho que poderiam ser exercidos de qualquer lugar.

É muito legal ver a quantidade de empresas que já permitem que seus funcionários trabalhem de casa.

Claro, desde que entreguem tudo nos prazos.

Por exemplo, a Gol Linhas Aéreas, Natura, Magazine Luiza e a Locaweb são empresas que já contratam funcionários para trabalhar home office.

Mas como esse mundo online ainda está em desenvolvimento, não é tão fácil encontrar um bom trabalho remoto.

Por isso, na minha opinião, a melhor forma de começar é criando o seu próprio negócio online.

10. Comece o seu próprio negócio online

Foi assim que comecei, e sem dúvida é a maneira mais sustentável e satisfatória de iniciar, porque você estará dedicando-se ao seu projeto.

Os Nômades Digitais mais bem sucedidos têm seu próprio negócio, isso significa que a forma mais cômoda é iniciar um negócio online.

Mas não ache que esse processo é fácil, porque não é.

Eu comecei com 19-20 anos de idade, sem saber de nada, e quebrei a cabeça fazendo tudo sozinho porque não encontrei ajuda.

Por isso eu criei o Curso Método Agência Express, para ajudar aqueles que querem ser Nômades Digital com seu próprio negócio online de agenciamento de viagens.

Depois de conferir as 10 maneiras de se tornar um Nômade Digital partindo do absoluto zero, agora é hora conhecer alguns tipos de trabalho.

Conheça 5 tipos de trabalho para quem deseja ser Nômade Digital

como ser um nomade digital

Existem centenas e talvez milhares de formas para trabalhar como um Nômade Digital, mas nem todas são apropriadas para quem está começando.

Por isso resolvi apresentar os 5 tipos de trabalho, que na minha opinião são os mais flexíveis para você começar.

1. Redator ou Blogueiro

Se você se considera um bom escritor ou gosta de compartilhar suas ideias, talvez a melhor escolha seja começar escrevendo.

Você pode ser redator, ganhando dinheiro para escrever textos para blogs de terceiros.

Nesse caso você pode ser um redator freelancer da Rock Content e ser pago para escrever da sua casa.

Outra opção interessante mas que leva um pouco mais de tempo para gerar resultados, é criar o seu próprio blog.

Escrevendo textos para você, é possível monetizar com anúncios de terceiros ou vender seus próprios produtos.

2. Videomaker ou YouTuber

Você trabalha com vídeos ou se considera bom em edição? como ser um nômade digital

Já pensou em trabalhar editando vídeo como freelancer? como ser um nômade digital

Além de ter liberdade trabalhando de casa, também pode definir quantos projetos desejar executar por mês.

No site Workana você pode encontrar oportunidades incríveis, de qualquer lugar do mundo, sem precisar sair da sua casa.

Outra opção bem interessante é se tornar um YouTuber profissional, que assim como o Blogueiro, leva um tempo para gerar resultados.

Mas você pode muito começar sendo um freelancer e YouTuber ao mesmo tempo.

Assim, enquanto ganha dinheiro com freelas pode ir publicando no seu canal para colher os frutos no futuro.

Muitos canais como Porta dos Fundos, Whindersson Nunes e Felipe Neto, faturam milhares de dólares por mês, produzindo vídeos para o YouTube.

O mais legal é que depois, com a fama do YouTube, você também pode criar lojas e vender seus produtos para sua audiência sem investir em publicidade.

Mas esse é um trabalho de formiguinha, então se deseja começar, não espere a melhor hora, comece agora.

3. Designer Gráfico ou Ilustrador

A área de Design é muito requisitada hoje em dia. Portanto, se você trabalha com isso, pode nadar de braçadas.

Sites como DesignCrowd e Fiverr oferecem diversas oportunidades nacionais e internacionais para quem trabalha na área.

A parte de ilustração é muito lucrativa, pelo fato de ser mais trabalhoso para desenvolver.

Mas o designer publicitário também não fica de fora.

Se você for criativo pode conseguir trabalhos milionários e até firmar contratos por longos períodos.

E o melhor, tudo isso trabalhando em casa, sem enfrentar o estresse dos escritórios.

4. Programador ou Desenvolvedor Web

Você cria site? Programas? Aplicativos? Entende de códigos HTML, JavaScript e etc.?

Então você tem o poder! como ser um nômade digital

Muitos desenvolvedores estão milionários por criarem projetos que estão ajudando muitas pessoas no mundo.

Você pode começar de várias formas, desde criando algo para alguém, ou construindo seu próprio projeto.

Muitas empresas como Instagram e WhatsApp foram criadas por desenvolvedores, que hoje são milionários pela venda dos seus projetos.

E o mais interessante é que todos eles começaram sem ganhar nada, primeiro geraram valor e depois colheram os frutos.

Reflita sobre como você pode ajudar a sociedade com uma ideia, e depois trabalhe em monetizar o projeto.

O segredo do mundo digital é começar sem pretensão de ganhos e entregar sempre o seu melhor.

5. Organizador de Viagens

Esse é o trabalho mais acessível para quem deseja ser um Nômade Digital e ainda viajar com frequência.

Eu comecei assim e depois de um tempo viajava todo final de semana e ainda ganhava uma boa grana.

Já cheguei faturar mais de R$ 220.000,00 por ano, veja: como ser um nômade digital

Como Organizar Excursao

Esse é um trabalho simples de começar e acessível para qualquer pessoa sem experiência.

Aqui nesse artigo completo eu ensino como organizar excursão de forma lucrativa e trabalhando no conforto da sua casa.

Trabalhar organizando viagens comerciais me possibilitou ter mais liberdade de tempo e espaço, e criar meu próprio plano de trabalho.

Continue lendo se deseja saber qual método usei para começar um negócio de viagens aos 20 anos de idade, sem nunca ter feito faculdade.

O método para ser Nômade Digital viajando até 4 vezes por mês

Tudo começou no final de 2013 quando eu tinha 19-20 anos, foi nesse momento que o meu estilo de vida se transformou.

Nessa época eu trabalhava como Suhiman, praticamente de domingo à domingo.

Depois de tanto gastar dinheiro viajando para eventos multiculturais em outras cidades, eu resolvi fazer alguma coisa para ganhar uma grana extra.

Então organizei minha primeira excursão para levar um grupo de amigos para um evento de um conhecido.

E foi surpreendente o resultado que tive com van de passageiros…

Foram 13 pagantes e R$ 700,00 de lucro, fora as bebidas que comprei, já que o serviço era “open bar”.

Eu cheguei na festa muito feliz, porque sabia que não iria gastar e tinha lucrado uma boa grana.

Depois disso eu passei noites e noites sem dormir!

Minha cabeça borbulhava de tantos pensamentos, mas eu não sabia o porque.

Até que um certo dia, depois de refletir muito, tomei a seguinte decisão: pedi demissão do meu emprego fixo para viver de viagens.

Foi assim que começou a minha história como Nômade Digital.

Depois de 2 anos organizando excursões, eu já atuava para eventos internacionais na Bahia, Minas Gerais e diversos estados do Brasil.

Os negócios cresceram tanto, que viajei até Foz do Iguaçu para estudar Gestão de Pessoas.

Contratei funcionários e continuei estudando feito um louco; Marketing Digital, Programação Neurolinguística, Alta Performance

Conheça os benefícios de Viver de Viagens

São muitas a vantagens de viver viajando, mas na minha opinião, os 4 mais importantes são:

  1. liberdade de tempo como ser um nômade digital
  2. liberdade geográfica como ser um nômade digital
  3. liberdade financeira como ser um nômade digital
  4. pensamento colaborativo como ser um nômade digital

Mas pra que você entenda melhor sobre esses benefícios, vou explicar em detalhes sobre cada um deles.

Liberdade de tempo é usar o relógio ao seu favor, atuando no horário que você é mais produtivo.

Você sofre porque tem que acordar cedo, mas sabe que não funciona muito bem pela manhã?

Uma boa parte dos brasileiros brigam com despertador todas as manhãs, acordam mau humorados e por consequência trabalham sem vontade.

Você sabe porque? Porque são escravos de um sistema condicionado.

Um sistema que nos diz: hora de trabalhar é das 8:00 às 17:00. como ser um nômade digital

Mas alguma vez já te perguntaram qual é a melhor hora para você exercer seu papel profissional?

Trabalhar viajando em excursão me possibilitou ter muito mais tempo livre.

Durante a semana, de segunda à sexta, eu acordava quando os meu olhos abriam.

Trabalhava em média 4 horas e tinha o resto do dia livre para fazer o que eu quisesse.

Nos finais de semana eu viajava com as excursões e desfrutava de tudo que os meus clientes tinham me pagado para acessar.

A liberdade geográfica também era muito interessante. como ser um nômade digital

Além de começar a trabalhar na hora que eu bem entendesse, também era possível fazer isso de qualquer lugar do mundo.

Imagine se você resolvesse passar uma semana em alguma praia, podendo trabalhar com seu notebook de frente ao mar.

Eu sei que parece bom demais pra ser verdade, mas eu já vivo assim.

A liberdade financeira vai depender muito do seu nível de empenho para atingir as metas.

Mas como você terá um estilo de vida muito divertido viajando sem gastar, o dinheiro não será mais problema.

Normalmente ganhamos dinheiro para pagar as contas e se divertir né?

Mas se você ganhasse dinheiro se divertindo? Você seria livre financeiramente.

O pensamento colaborativo é algo que me encanta.

Depois que comecei a viver viajando, conheci muito sobre economia colaborativa e tecnologias de compartilhamento.

Por exemplo, imagine se você pudesse viajar para outro país e usar uma ferramenta que te ajudasse a encontrar hospedagem de graça.

Isso é possível, e eu ensino nos meus cursos (Fórmula de Viajante ou Método Agência Express) além de todo o método para viver de turismo de forma profissional.

Recapitulando…

Se você chegou até aqui, significa que talvez tenha lido todo este artigo e aprendeu:

Não tem problema se você foi ansioso e pulou alguma parte, se clicar em algum dos links acima, será direcionado para o capítulo que ainda não leu.

Mas se você já terminou a leitura, gostaria de saber o que você pensa sobre tudo isso.

É seu sonho viver como um Nômade Digital? como ser um nômade digital

Quais as dúvidas que você tem?

Escreva nos comentários aqui abaixo, assim eu posso ler, responder e talvez até usar a sua contribuição para atualizar esse artigo.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.