Turismo Geral

Clube de Viagens: o que você precisa saber para não pagar caro

Maicon Santtos
Escrito por Maicon Santtos em 11 de dezembro de 2020
7 min de leitura
Clube de Viagens: o que você precisa saber para não pagar caro
TRADE TURÍSTICO E AGENCIAMENTO ONLINE

Cadastre-se para receber novos artigos e materiais de estudo

Você já assinou ou tem dúvidas se vale a pena fazer parte de um clube de viagens?

Antes de responder sua pergunta, preciso te mostrar sobre o que é um clube de viagens, suas características e quais os benefícios eles oferecem. 

Na verdade, um clube de viagem é semelhante a qualquer tipo de clube ou programa de fidelidade.

Ou seja, você paga uma assinatura mensal e tem direito a usufruir do produto referente àquele clube.

No caso de um clube de viagens, o assinante tem direito de escolher 7 diárias- ou mais – para qualquer lugar da rede hoteleira conveniada ao clube que você é assinante.

Além disso, também existe uma taxa de adesão para você ingressar no clube.

Se você quer saber com maiores detalhes como funciona esse esquema, então venha comigo nesta leitura!

Existem vantagens ao assinar um clube de viagens?

clube de viagens bancorbras, clube de viagens rdc, clube de assinatura de viagens

Sim, existem várias vantagens.

Principalmente para quem não tem disciplina para poupar dinheiro o ano todo para viajar nas férias, pagar a mensalidade de um clube de viagens pode ser uma boa opção.

De forma geral, o cliente paga o clube no cartão de crédito ou em débito na conta. 

Dessa forma, o único trabalho de quem paga a mensalidade é escolher o destino e o hotel que deseja se hospedar.

Porém, para que isso dê certo, além de estar em dia com as mensalidades, o assinante do clube precisa contratar uma assinatura que tem a ver com seu perfil. 

Existem várias modalidades de assinaturas, desde aquelas que oferecem apenas 7 diárias por ano até planos mais robustos com mais tempo de hospedagem  – com 14, 21 ou 28 diárias. 

Assim, fica fácil para o cliente decidir em qual hotel se hospedar. 

Como os clubes têm muitas opções de hotéis credenciados, a chance de encontrar alguma alternativa que te agrade é muito grande.

Além disso, há outra vantagem importante a ser mencionada. 

Há bastante flexibilidade na forma de usar suas diárias que estão incluídas no seu plano de assinatura.

Você pode usá-las todas de uma vez ou parcelar sua viagem em 2 ou mais ocasiões. 

O cancelamento da viagem, dentro de certo prazo, é fácil de ser feito, desde que o cliente observe bem as regras de cada clube de viagem.

No geral, o suporte dos clubes prestam informações e ajudam os clientes naquilo que é necessário.

Quanto custa um clube de viagens?

clube de viagens bancorbras, clube de viagens rdc, clube de assinatura de viagens

Geralmente, as mensalidades dos clubes de viagens não são altas. 

Podemos dizer que elas “cabem no bolso” de muita gente. 

Porém, existe também a taxa de adesão que precisa ser levado em conta quando o cliente for calcular a diferença do custo das diárias dentro do clube ou se ele pagasse fora do clube. 

Vou te dar dois exemplos sobre os maiores clubes de viagens do Brasil.

Na RDC Viagens, o cliente paga uma mensalidade de R$213,00 e uma taxa de adesão de R$880,00. 

Ou seja, no primeiro ano de clube, o associado pagará R$3.436,00. Nos demais anos, obviamente, não haverá taxa de adesão. 

Assim, o cliente pagaria em média R$2.556,00, sem considerar os ajustes de mensalidade.

Já o Bancorbrás, a taxa de adesão é bem menor – R$395,00. 

E as mensalidades variam entre R$186,30 a R$327,60 dependendo da categoria dos hotéis.

Pensando na categoria mais barata, o assinante paga ao Bancorbrás (R$2.235 + taxa de adesão no primeiro ano) para ter direito às 7 diárias.

Agora que vimos os valores, podemos conversar se realmente vale a pena.

O veredito final: vale ou não vale? 

clube de viagens bancorbras, clube de viagens rdc, clube de assinatura de viagens

Não sei se você reparou, mas as assinaturas dos clubes, no geral, só estão incluídas as diárias dos hotéis.

Desta forma, todos os outros produtos turísticos que você necessita para fazer sua viagem precisarão ser feitos “por fora”, tais como:

  • Passagens aéreas (ou rodoviária)
  • Seguro viagem
  • Aluguel de carros
  • Pacote de passeios

Dependendo de como você contratar cada um desses serviços de forma separada, o preço que você supostamente economizaria nas diárias do hotel você gastará mais contratando esses outros serviços.

Por outro lado, comprando um pacote de viagens, a agência de viagens consegue reunir todos esses produtos com um preço que pode ser mais recompensador.

Outro aspecto do Clube de Viagens que precisa ser pensado antes de assinar é quando você costuma planejar suas viagens.

No período de alta temporada, a disputa por diárias dos melhores hotéis é bastante concorrida. 

Portanto, é possível que você consiga opções de hospedagens que o valor total das diárias seja maior do que você pagou por ano no seu clube de viagens.

Na baixa temporada, é muito mais fácil encontrar melhores opções de hospedagem.

Porém, da mesma forma, é fácil encontrar promoções com pacotes de viagens completos com preços ainda melhores que os valores pagos em assinaturas dos clubes. 

Só vale a pena você se aventurar como assinante de um clube de viagens se você fazer excelentes reservas de hotéis e ainda garantir a compra dos outros produtos turísticos por um preço baixo.

Caso contrário, sem sombra de dúvidas, você poderá entrar em uma enrascada!

O que você achou deste texto? Te ajudei a tirar suas dúvidas? Comente aqui embaixo!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

Viver de Turismo Trabalhar com Turismo Online

VOCÊ TEM INTERESSE DE SER AGENTE DE VIAGENS OU ABRIR UMA AGÊNCIA?

Nós temos o programa de Mentoria e Acompanhamento que poderá te ajudar.

PREENCHA OS CAMPOS ABAIXO PARA SABER MAIS